terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

Sobre as interligações entre Mitologia Grega, Farmacologia, Homeopatia e Taxonomia de serpentes

Na mitologia grega, as moiras (em grego antigo Μοῖραι) eram três irmãs que detinham o ofício de controlar o destino das pessoas.
 Sir Edward Burne-Jones - A roda da fortuna
 
Durante o trabalho, as moiras faziam uso da Roda da Fortuna, tear utilizado para tecer os fios que demonstra o arquétipo da fatalidade da morte. As voltas da roda posicionavam o fio do indivíduo em sua parte mais privilegiada (o topo) ou em sua parte menos desejável (o fundo), explicando-se assim os períodos de boa ou má sorte de todos.
Na Ilíada, representava uma lei que pairava sobre deuses e homens, pois nem Zeus estava autorizado a transgredi-la sem interferir na harmonia cósmica. Na Odisséia, aparecem as fiandeiras.
Giovanni Boccaccio - A roda da fortuna

Os poetas da antiguidade descreviam as moiras como mulheres de aspecto sinistro, de grandes dentes e longas unhas. Nas artes plásticas, ao contrário, aparecem representadas como lindas donzelas. As Moiras eram:

    * Cloto (Κλωθώ; klothó) em grego significa "fiar", segurava o fuso e tecia o fio da vida. Junto de Ilítia, Ártemis e Hécata, Cloto atuava como deusa dos nascimentos e partos.
    * Láquesis (Λάχεσις; láchesis) grego significa "sortear" puxava e enrolava o fio tecido, Láquesis atuava junto com Tyche, Pluto, Moros e outros, sorteando o quinhão de atribuições que se ganhava em vida.
    * Átropos (Ἄτροπος; átropos) em grego significa "afastar", ela cortava o fio da vida, Átropos juntamente a Tânatos, Queres e Moros, determinava o fim da vida.
Alfred Agache - Alegoria da Fortuna (1885)

--------------------------------------
Nos aspectos etimológicos, Láquesis origina o gênero de serpentes Lachesis sp., representada no Brasil pela surucucu, maior cobra peçonhenta da América do Sul, cujo veneno apresenta atividade hemorrágica, além de provocar síndrome vagal no acidentado. Na Homeopatia, seu veneno é utilizado como medicamento para uma variedade de indicações (vide lógica mais filosófica que científica da referida linha terapêutica).

Átropos me faz lembrar de Atropa belladonna L., que na taxonomia refere-se à planta de alto grau de toxicidade, principalmente devido à presença de seus alcalóides anticolinérgicos. Mas como Paracelsus com seu célebre apontamento já observou no século XVI que "todas as substâncias são venenos e que a dose certa diferencia um veneno de um remédio", a Atropa belladonna L. naturalmente produz a atropina, substância de importância fundamental na Farmacologia, como fármaco parassimpatolítico. Este, por sua vez, ainda que seja capaz de matar em circunstâncias de superdosagem, também serve como antídoto - em suas respectivas doses terapêuticas - para intoxicações por inseticidas organofosforados (metamidofós, clorpirifós) e carbamatos (chumbinho), gases neurotóxicos (Sarin), dentre tantas outras indicações.


Cloto me faz remeter a Crotalus sp., gênero de serpente da popular cascavel, cujo veneno provoca ação neurotóxica (ptose palpebral, diplopia, fácies miastênica), miotóxica e anticoagulante.

















Entre em contato comigo caso queira reproduzir esse texto.

7 comentários:

  1. Belíssimas imagens! Texto muito bem ilustrado e escrito. É de sua autoria? Seria legal se vc colocasse uma bibliografia de onde podemos encontrar mais textos do assunto...

    ResponderExcluir
  2. Acabou de adquirir um leitor. Muito bom!

    ResponderExcluir
  3. Sobre as moiras, adaptei da wikipedia, o resto é da minha autoria.

    ResponderExcluir
  4. Sempre me interessei por mitologia grega. As moiras sempre me pareceram mulheres idosas, mas parece que a imagem delas varia...

    Excelente texto
    :*

    ResponderExcluir
  5. Me fez lembrar agora do jogo God of War 2, na passagem Temple of Fates onde kratos tem q enfrentar as irmãs do destino. Dá muito trabalho pra derrota-las. Quando finalmente aniquilo Lachesis, Átropos vem furiosa pela morte de sua irmã e me envia para o passado pra enfrentar Hades.Agora a Cloto eu não me recordo ^_~
    Game tbm é cultura pessoal!

    ResponderExcluir
  6. Parabéns pelo texto, muito bom mesmo!

    ResponderExcluir
  7. GOSTARIA DE TROCR IDEÍAS COM VC, SOBRE AS CARTAS DE APOCALIPSE E HOMEOPATIA. SE FOR DO SEU INTERESSE ME ESCREVA POR FAVOR...
    LUFEJUVI@YAHOO.COM.BR

    ADOREI SEU TEXTO. PARABÉNS!

    ResponderExcluir